SIGNO DO MÊS ESCORPIAO

 

Rodin o beijo

“Eu escolho um bloco de mármore e tiro dele tudo o que nao preciso”.
Auguste Rodin (1840 – 1917) escultor francês.

 

Foi por acaso que relendo um antigo livro, vi essa citaçao de Rodin. Bom, como a gente já sabe, ou pelo menos desconfia, nada é por acaso.

Andava eu pensando em Escorpiao, afinal o sol entrou nesse signo no seu passo anual (dia 23/10, aproximadamente às 7h00 AM, hora solar). E creio que é dos signos que mais sofre preconceito, de todos os doze do zodíaco.

Entao a ele vamos: pra mim, a frase de Rodin expressa de uma forma brilhante o signo de escorpiao, ou pelo menos uma das suas faces. Nao é à toa, ele era desse signo (12 de novembro de 1840, Paris).

Quando a gente fala de um signo, está implícito a energia do seu planeta regente, que nesse caso é Plutao. Plutao, planeta? Sim, e já de passagem respondo a uma das várias perguntas que tenho recebido através do blog. E veio de uma leitora de honra, minha mae (uma esorpionina, claro…).

Em termos técnicos a Uniao Astronômica Internacional aprovou em agosto de 2006 que plutao é considerado um “planeta anao”, e pertence à categoria dos “objetos transnetunianos” (corpos celestes que estao depois de Netuno).

Do ponto de vista da astrologia, isso relamente nao interfere. A palavra planeta significa “errante”, aquilo que se move no céu. E no nosso sistema solar há uma infinidade de corpos celestes que se movem.

Para nós, astrólogos, os planetas simbolizam padroes de energia, ou quem sabe poderíamos chamar de arquétipos. Eles simbolizam um nível de experiência, que é comum para todos nós. Nao quero me alongar numa explicaçao profunda, por que seria muito filosófica, e nao é a idéia aqui, mas quem quiser entender esse processo mais a fundo, entre em contato.

A questao a ficar clara, pra que a gente possa começar a mergulhar no universo escorpiao/ plutao, é ter claro que o fato de ele ter mudado de categoria em termos astronômicos, isso nao influência o que ele simboliza como arquétipo para nós. E a astrologia vai trabalhar com esse arquétipo.

Sempre me pergunto por que as pessoas em geral tem tanto preconceito com Escorpiao. Bom, talvez essa frase de Rodin explique um pouco. Escorpiao simboliza uma força muito profunda, que nos leva à essa experiência de tirar tudo que nao serve e ficar só com o essencial. Alguém pode estar lendo isso e fazendo uma careta, tipo “coisa mais desagradável”… pois é. Às vezes, em frente aos escorpioninos, a gente se sente assim: as nossas artimanhas, máscaras, esquemas de proteçao, simplesmente nao funcionam. Escorpioes tem o talento de ir direto ao que é essencial, ao que nós mesmos às vezes nao sabemos que é a nossa essência. Eles tem esse “olhar biônico” (lembram do Ciborg…?). Vai lá no fundo da gente.

Na verdade, às vezes o nosso desconforto frente ao olhar – sim, reparem bem nos olhos de um escorpionino, nao é nem sentir que nao se consegue esconder nada dele. O olhar dele eventualmente pode nos mostrar o que estamos tentando esconder de nós mesmos… e aí pode complicar. Pelo menos a gente pode se sentir incômodo, se é que andamos querendo nos esconder de nós mesmos… nem preciso explicar, quem já nao fez isso?

Bom, escorpiao/ plutao acho que vai nos render muitos posts…
Esse foi só pra começar.

********

Para quem quiser aprofundar o aspecto astronômico do assunto, recomendo o site do Planetário de Madrid (www.planetmad.es), um dos mais objetivos e simples de navegar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: